Bruno Miranda

Bruno Miranda começou a fotografar documentalmente em 2001, registrando durante 3 anos o ensaio “À margem”, que retrata o cotidiano de famílias hippies contemporâneas . Nos dois anos seguintes se dedicou a fotografar o movimento hiphop capixaba, trabalho que desenvolve até hoje.

Passou por jornais como a Gazeta-ES, Notícia Agora-ES e, posteriormente, a Folha de São Paulo. Atualmente divide seu tempo entre São Paulo e o norte do Brasil onde desenvolve trabalhos fotográficos sobre moradia, e direção e fotografia para documentários sobre o terceiro setor.

Em 2007, junto a Renato Stockler, criou a agência Na Lata, dedicada a trabalhos comerciais.


Fotos na Galerize